quinta-feira, março 13, 2008

A vida e a morte


A vida é uma merda quando vemos que somos impotentes quando a morte chega. Quando vemos alguém próximo que morre lentamente e nós, impotentes, nada podemos fazer.
Que merda de poder temos? Será que somos mesmo seres superiores. A nossa superioridade nem sequer nos serve para contornarmos o nosso fim. Não que eu tenha medo da morte. Para mim, este “medo” aumenta exponencialmente quando penso em pessoas que me estão próximas. Eu que nem sequer acredito em algo posterior à morte. Isso é, na minha opinião, uma fábula que os humanos contam para evitar esta dura realidade. Resta-me saber que posso em vida fazer obras para os que hão-de vir.
Por isso nunca deixem de dizer que gostam das pessoas porque pode muito bem ser a última vez que lhe podem dizer. Não deixem nada por fazer. "Carpe diem"

3 comentários:

DANTE disse...

Não entendi nada mas...ainda bem que desabafaste. ahahahahah. E pronto...

korrosiva disse...

Não diria que a vida é uma merda... no maximo tem dias que é um cócó!

Anónimo disse...

Entendo o que escreveste....o que n entendo é o que fazer quando se perde "alguem" que ainda nem sequer tinha nascido??? apenas um desabafo....adorei o blog!
JUfa
:)