quinta-feira, outubro 12, 2006

Agarro o sonho e adormeço

Pego numa palavra e escavo-a
Agarro um raio de sol e pinto-a
A palavra ganha forma
A palavra ganha cor
A palavra ganha sentido
A palavra torna-se palavra
A palavra torna-se rio
O rio torna-se gesto
O gesto é de carinhoe o carinho é de amizade
Pego numa palavra e sonho
Agarro o sonho e adormeço
contando estrelas
Ao som de quinhentos milhões de guizinhos...

Carlos C

http://www.1000imagens.com/autor.asp?idautor=1304


quarta-feira, outubro 04, 2006

Mentiras...


A verdade e a mentira andam muitas vezes de mãos dadas...
Por vezes torna-se dificíl distinguir uma da outra...
torna-se dificil acreditar no que nos dizem,
torna-se dificil acreditar no que vemos e acima de tudo
aquilo que os nossos olhos não conseguem ver!
Certa vez a verdade e a mentira foram passear juntas.
Passaram perto de um belo lago...
o dia estava quente.
A mentira virou-se para a verdade e disse:
-Vem, vamos nadar juntas, está um dia tão bonito.
A verdade respondeu:
-Sim, vamos nadar.
Despiram-se, e a verdade saltou para a água antes da mentira...
a mentira ficou fora da água,
pegou as roupas da verdade e desapreceu.
Desde então,a mentira anda por aí com as roupas da verdade,
e a verdade é considerada mentira.

quinta-feira, setembro 28, 2006

Ânsia de Viver

Na minha ânsia de viver,
já vi segundos que demoraram uma eternidade
para passar,e dias que literalmente
"escorreram pelos dedos"...
Sinto que os perdi!
Já encontrei pessoas com quem adoraria namorar,
e outras que nem gostaria de reencontrar.
Já andei por cidades lindas que desejei ficar,
e passei por outras que não quero nem voltar.
Já ouvi músicas que me fizeram chorar,
outras me fizeram o corpo balançar.
Algumas, de tão horrorosas,
nem o refrão eu quero lembrar.
Na minha ânsia de viver, eu vi o amor,
vivenciei experiências de paixão.
Das lembranças mais gostosas,
resta na boca uma sensação de beijo molhado;
no corpo, o calor dos toques mais ousados;
no ar, um cheiro de saudade gostosa,
dessas que recordamos de olhos abertos e que
são frutos de uma árvore carregada de emoções.
Mas também tive decepções, sofri traições,
e me amargurei, como todo mundo.
Mas essas lembranças eu enterrei...
deixei meu coração livre para viver,
e em cada novo amor, pude perceber,
que todas as experiências da vida,
são retratos e impressões que eu permito,
que eu gravo ou não na minha alma,
e a alma, essa "grande mala de emoções",
leva apenas o que eu quero guardar.
Portanto...
"Guarde apenas o que é
inesquecível,
e do inesquecível,
leve apenas o amor!!!"

quarta-feira, agosto 30, 2006

AMIGOS 1

Amigos são flores...
Amigos são poemas...
Como flores, devem ser cultivadas com carinho e dedicação,
para que as tempestades da vida não esfacelem suas pétalas
e para que possamos ter seu perfume em todas as estações.
Como poemas, devem ser sentidos nas fibras mais sutis da alma,
com respeito e gratidão, para que sejam a melodia risonha
a embalar nossas horas em todos os períodos do ano.
Letícia Thonpsom

sexta-feira, agosto 25, 2006

MULHER

Ser frágil tão forte
Que suportas com um sorriso
O peso multíparo da tua prenhez.
Tão forte que a ti se arrimam
Os homens mais fortes
Quando se sentem meninos.
Frágil para apreciar a beleza da flor
Forte para defender com garras e dentes e gritos
O fruto do seu amor.
Menina,
Mulher,
Mãe de exércitos,
Amante enlouquecida de mil amores partilhados
Fonte de prazer e cálice de cristal
Escrava de ódios velhos,
Ensandecidos no ciúme que desfaz reinos e destrói cidades.
Saudade viva de Eva,
Evocação de Vénus,
Afrodite de nudez mal encoberta,
Isís egípcia,
ou Maria Madalena, Julieta, Inês,
Heloísa e tantas outras.
Força de Mãe Coragem,
Palavra de Gabriela Mistral
Verso de Natália
ou carta de Soror Mariana.
Rio de sentimento
capaz de odiar com a mesma força com que ama
e de matar por amor.
Mulher paz, mulher ternura,
Tareja mãe de um país
Ou Madre Teresa mãe dos pobres.
Gaulesa Joana, ganhadora de batalhas,
Ou papisa apagada da memória.
Daw Suu Kyi, Rigoberta Menchú ou Shirin Ebadi
Nóbeis da Paz.
Callas, Piaf, Amália ou Vieira da Silva.
Regina Quintanilha ou Eline Guimarães,.
Elisa Augusta da Conceição de Andrade,
primeira médica portuguesa,
Carolina Beatriz Ângelo, a primeira eleitora,
Ou Carolina Michaelis de Vasconcelos,
A primeira a assumir um cargo universitário.
Frágeis com a força de vulcões,
Senhoras do infinito
Donas de ilusões concretizadas.
Ser frágil tão forte na sua fraqueza.
Tirando forças da cartola
como o ilusionista de lá tira coelhos.
Mulher Mátria,
Mulher força.
Mulher certeza.
Simplesmente Mulher.
Manuela Rodrigues
8/3/2006

Direitos Violados

A Criança e seus Direitos Violados
Denominam-te de criança esperança
Em tuas mãos depositam a confiança.
Para um mundo melhor construires
No entanto, esquecem de te fazer criança.
Criança que brinca, estuda, se alimenta e sorri.
E que nessa esperança ao vil mundo se lança
Pedem que a ti não se dêem esmolas
Que te seja dada sim, cidadania.
Porém a própria sociedade torna teu direito utopia
Cada dia mais longe estás, criança, vivendo uma alegoria
Em teus olhos permanece sim, a dura melancolia
De te lançares ao mundo em busca do prometido no dia a dia.
Ver-te dormir embaixo de pontes, viadutos, das calçadas
Como te negar uma esmola, à espera que te concedam cidadania?
Saciar-te a fome é preciso, necessidade imediata
Que fizeram dos teus estatutos, criança abandonada?
Ver-te jogada ao léu, acompanhar o descaso aos teus atributos
Oh! Deus Onipotente, Onipresente e Onisciente!
Vela por essas crianças, nas suas vidas faz-te presente
Na atual conjuntura, são pessoas inocentes e carentes.
Nós, como pais que a nossos filhos podemos educar
Comprar-lhes presentes e nesse dia comemorar,
Supliquemos ao Senhor: Velai por nossos filhos
Velai e protegei também aqueles pequeninos.
Jogados ao relento, crianças violentadas desde cedo
Moralmente e fisicamente quando tentam a sobrevivência
Na busca de que lhes dêem um trocado por uma bala
Ou no intento de limpar um pára-brisas.
Sociedade ainda vil e má que mesmo assim
Quer levar vantagem sobre elas,Deus,
continua protegendo nossos filhos
Mas, olha principalmente por estes pequeninos..
Mercedes Pordeus
Brasil
***

segunda-feira, julho 31, 2006

SENTE



Escrevemos aquilo que o sentimento

dita através da voz do coração...

Uma mistura de sensações que não se podem explicar

emoções que se atropelam,

que não se podem controlar e muito menos negar,

sem que se escondam por de trás de um sorriso

ou de uma lágrima:

Tão pouco se pode inventar um sentimento,

não podemos impedir que o coração sinta,

se a nossa alma,

não encontrou num outro algo que não nos estremeça

e nos arrepie a pele.

Não podemos entender um sentimento se não o experimentarmos...

Como se faz para explicar com palavras

o que se sente, quando a doçura de um lábio

nos faz estremecer... ou quando um olhar

acompanhado de uma carícia nos trespassa o coração...

Como se faz para dizer "Não"

a um sentimento, quando uma palavra de carinho

é acompanhada de um «Quero-te»...

É impossivel...

porque os sentimentos

são os únicos que nos podem dar a certeza

de que estamos vivos, de que somos capazes de sentir

e de que também somos capazes

de despertar os mesmos sentimentos nos outros...

quinta-feira, julho 27, 2006

Amigo é...

Foto: Kevin Rolly

Se um dia sentires vontade de chorar...

Chama-me.

Não prometo fazer-te sorrir,

mas posso chorar contigo.

Se um dia resolveres fugir...

Não tenhas medo de me chamar,

prometo que não te irei pedir para ficares,

mas no entanto posso fugir contigo.

Se um dia sentires vontade de não ouvires ninguém...

Chama-me que prometo ficar quietinha.

Mas...

Se um dia me chamares e se eu não te responder,

vem correndo ao meu encontro...

Pois nesse dia estarei a precisar de ti !!!!

quarta-feira, julho 26, 2006

Amor - Partilha


PARA QUEM NÃO SABE AMAR
J.Carlos Santtana Cardoso
Um sonho não deixa marcas
Não traz saudades nem tão pouco lembranças
Evapora logo ao despertar
Se é somente sonhos
O que queres dar
Um homem apaixonado
Jamais vai querer aceitar
Um homem tem desejos
Carece de toques
Precisa de abraços
Necessita de beijos
Precisa de um corpo
Quer dar carinho
Jamais amar sozinho
Esse não é o caminho
Amor é troca é divisão
É olhar com emoção
Braços dados , peito aberto
Caminhando na mesma direcção
Não é como migalhas ou pedaços
Sendo atiradas aos pássaros
Tem que ser banho mesa cama
São direitos de quem ama.

AMIGO

Que olhe nos meus olhes quando falo.
Que ouça as minha tristezas e neuroses
com paiciência e, ainda que não compreenda,
respeite os meus sentimentos.
Preciso de alguém que venha brigar
ao meu lado sem precisar ser convocado.
Alguém amigo suficiente para dizer-me
as verdades que não quero ouvir,
mesmo sabendo que posso ficar irritado por isso.
Nesse mundo de céticos,
preciso de alguém que creia nessa coisa misteriosa,
desacreditada, quase impossível:
a amizade.
Que teime em ser leal, simples e justo.
Que não vá embora se algum dia eu perder
meu ouro e não for mais a sensação da festa.
Preciso de um amigo que receba com gratidão
o meu auxilio, a minha mão estendida,
mesmo que isto seja muito pouco para suas necessidades.
Preciso de um amigo que também seja companheiro
nas farras e pescarias,
nas guerras e alegrias,
e que no meio da tempestade,
grite comigo:
¿Nós ainda vamos rir muito disso tudo...¿
E ria muito.
Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo,
mas posso escolher meu amigo.
E nesse busca empenho a minha própria alma,
pois com uma Amizade Verdadeira,
a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela ...
Charlié Chaplin

Amor - Confiança - Respeito


Quem pensa que para se manter uma relação
só é preciso de amor, esta muito enganado.
Um relacionamento não vive só de amor,
o amor não é auto-suficiente ele não vive por si só.
Ele precisa de confiança,
respeito,
afeto,
amizade,
cumplicidade
e muito mais para viver e
evoluir em um relacionamento.
Sem isso o amor simplesmente
vai enfraquecendo, morrendo aos poucos...
E o que era belo se torna feio,
a mágica torna-se uma simples farsa.
E onde havia rosas, só restou os espinhos...
Pois,
Quem ama confia,
Quem confia se entrega,
Quem se entrega da muito carinho,
afeto,
Quem doa carinho e afeto
lhe conforta com a amizade,
Quem é amigo é cúmplice.
Quem é cúmplice no amor respeita o outro.
Quem respeita é respeitado
Esta é à base de tudo na vida...
Amor,
Confiança
e Respeito.
Por isso amem muito,
ame completo para que o amor floresça
e de frutos na vida de vocês!
Cuide bem do amor!
Cicilia

quinta-feira, julho 20, 2006



Quantas vezes
Uma lágrima teima em cair
Não que eu queira...
Asneira? Talvez!
Não sei
É só uma insensatez

Eu sinto...
Teimo em não acreditar,
Em não prosseguir...
Receio? Não sei...
Talvez de arriscar

Medo de sofrer novamente
Medo de tentar
Fecho-me, escondo-me
Tentando não deixar essa lágrima cair

Querendo somente do meu destino fugir...

AMIZADES

Palavras são esquecidas,
promessas são perdidas
Papéis e cartas apodrecem.
Mas a verdadeira amizade
é a que permanece.
Uma vez que se tem um amigo
Mesmo que a vida de ambos não estejam bem.
A amizade de amigos sempre será uma grande amizade.
Conhecer alguem é comum... Difícil e raro é ser amigo
Sou privilegiado, com certeza
Tu estás rodeado de calor humano e muita amizade
De tantos corações que lhe querem bem!!!
Não te esqueça dos velhos amigos
Os velhos já foram novos.
Me considero uma pessoa de sorte
te ter conhecido.
Tu és simplesmente maravilhosa!
Quero continuar sendo teu amigo.
Sabes, os amigos a gente deve guardá-los no coração.
Os de longe e os de perto.
Os antigos e os mais recentes.
Os que vejo a cada dia e os que raramente encontro.
Os que são sempre lembrados
E os que as vezes ficam esquecidos.
Os das horas difíceis e os das horas alegres.
Os que, sem querer eu magoei
Ou sem querer me magoaram.
Os amigos humildes e os mais importantes.
O que falamos,
na maioria das vezes esquecemos
Ou não podemos provar o que foi.
Mas quando escrevemos
Deixamos marcas, deixamos provas
Deixamos expressado tudo aquilo que sentimos.
As palavras não são o único meio de comunicação
Mas é um jeito carinhoso, amigo e sincero
De expressarmos aquilo que sentimos e pensamos.

Amigo:
a amizade nunca foi lembrada e nem será
Porque nunca foi esquecida e nem a esqueceremos!!!

sábado, julho 15, 2006

TEMPO


Há horas em nossa vida que somos tomados por uma enorme
sensação de inutilidade, de vazio...
Questionamos o porquê de nossa existência e nada parece fazer sentido.
Concentramos nossa atenção no lado mais cruel da vida,
aquele que é implacável e a todos afeta indistintamente:
As perdas do ser humano. Ao nascer, perdemos o aconchego,
a segurança e a proteção do útero.Estamos,
a partir de então, por nossa conta.
Sozinhos.Começamos a vida em perda e nela continuamos.
Paradoxalmente, no momento em que perdemos algo,
outras possibilidades nos surgem.
Ao perdermos o aconchego do útero,
ganhamos os braços do mundo.
Ele nos acolhe: nos encanta e nos assusta,
nos eleva e nos destrói...
E continuamos a perder...e seguimos a ganhar.
Perdemos primeiro a inocência da infância.
A confiança absoluta na mão que segura nossa mão,
a coragem de andar na bicicleta
sem rodinhaspor que alguém ao nosso lado
nos assegura que não nos deixará cair...
E ao perdê-la, adquirimos a capacidade de questionar.
Por que? Perguntamos a todos e de tudo...
Abrimos portas para um novo mundo e fechamos janelas,
irremediavelmente deixadas para trás...
Estamos crescendo.
Nascer,crescer,
adolescer,amadurecer,
envelhecer,morrer, renascer (?)...
Vamos perdendo aos poucos alguns direitos
e conquistando outros.
Perdemos o direito de poder chorar bemalto,
aos gritos mesmo, quando algonos é tomado contra a vontade.
Perdemos o direito de dizer absolutamente
tudo que nos passa pela cabeça sem
medo de causar melindres.
Assim, se nossa tia às vezes nos parece gordatememos
dizer-lhe isso.
Receamos dar risadas escandalosamente dabermuda
ridícula do vizinho ou puxar aspelanquinhas do braço da vó
com amaior naturalidade do mundo e ainda
falar bem alto sobre o assunto.
Estamos crescidos e nos ensinam que não devemos ser tão sinceros.
E aprendemos..E vamos adolescendo...ganhamos peso,
ganhamos, seios,ganhamos pelos,ganhamos altura....
ganhamos o mundo.
Neste ponto, vivemos em grande conflito.
O mundo todo nos parece inadequadoaos nossos sonhos...ah!
os sonhos!!!Ganhamos muitos sonhos.
Sonhamos dormindo,sonhamos acordados,
sonhamos o tempo todo.
Aí de repente, caímos na real!
Estamos amadurecendo...todos nos admiram.
Tornamo-nos equilibrados, contidos, ponderados.
Perdemos a espontaneidade.
Passamos a utilizar o raciocínio, a razão acima de tudo.
Mas não é justamente essa a condição que nos coloca acima (?)
dos outros animais?A racionalidade, a capacidade de organizar
nossas acções de modo lógico e racionalmente planejado? (???)
E continuamos amadurecendo....
ganhamos um carro novo,
um companheiro, ganhamos um diploma.
E desgraçadamente perdemos o direito de gargalhar,
de andar descalço, tomar banho de chuva,
lamber os dedos e soltar pum sem querer...
Mas perdemos peso!!!
Já não pulamos mais no pescoço de quem amamos e
tascamos - lhe aquele beijo estalado...
mas apertamos as mãos de todos,
ganhamos novos amigos,
ganhamos um bom salário,
ganhamos reconhecimento,honrarias,
títulos honorários ea chave da cidade...
E assim, vamos ganhando tempo....
enquanto envelhecemos.
De repente percebemos que ganhamos algumas rugas,
algumas dores nas costas (ou nas pernas),
ganhamos celulite, estrias, ganhamos peso...
e perdemos cabelos.
Nos damos conta que perdemos
também o brilho no olhar,
esquecemos os nossos sonhos,deixamos de sorrir...
perdemos a esperança.
Estamos envelhecendo.
Não podemos deixar pra fazer algoquando estivermos morrendo...
afinal, quem nos garante que haverá mesmo um renascer,
exceto aquele que se faz em vida,
pelo perdão a si próprio, pelo compreender que as perdas
fazem parte, mas que apesar delas,
o sol continua brilhando e felizmente chove de vez em quando,
que a primavera sempre chega após o inverno,
que necessita do outono que o antecede...
Que a gente cresça e não envelheça simplesmente...
Que tenhamos dores nas costas e alguém que as massageie...
Que tenhamos rugas e boas lembranças...
Que tenhamos juízo mas mantenhamos o
bom humor e um pouco de ousadia...
Que sejamos racionais, mas lutemos por nossos sonhos...
E, principalmente, que não digamos apenas eu te amo,
mas ajamos de modo que aqueles a quem amamos,
sintam-se amados mais do que saibam-se amados.
Afinal, o que é o tempo?

quarta-feira, julho 05, 2006

Quem Sou???

O que eu fui não sou, nem sou o que serei,
E nada enfim que eu fosse seria o que ficou,
Portanto do que fui sou tudo o que passou,
E do que nunca fui, não sou nem saberei.
Dizem-me que eu sou o que eu nunca falei,
Uma suposta imagem que fui, e que restou,
Somando o que eu era com tudo que não sou,
Restou do que não sou, as coisas que não sei;
E afinal quem sou de fato eu não me atrevo
Dizer, porque terei que ser o que não devo,
E deverei dizer quem fui sem o ter sido.
Que tudo seja apenas no fim uma charada,
Se tudo que se é for simplesmente nada,
O nada será tudo, pois nada faz sentido.
Martinho Ferreira de Lima

sexta-feira, junho 16, 2006

SONHOS

Quando os nossos sonhos se acabam, fica um vazio imenso!
Uma vontade de parar... de desistir de tudo...

É um período difícil, em que os dias, as horas,
e até os segundos são longos.
Não conseguimos progredir.
Falta vontade... falta motivação.
Nos fechamos para tudo e para todos como se nada importasse.
Nada tivesse algum valor...

Vamos nos destruindo pouco a pouco...
Porque será que muitas coisas
em que acreditamos chega ao fim?
Acreditamos na felicidade eterna e,
muitas vezes, ela não passa de um pequeno tempo.
Tempo suficiente para deixar uma saudade infinita...
Até que um dia um novo sonho começa a dar o ar de sua graça.
Vem chegando de mansinho...
tentando abrir os cadeados do nosso coração.
Estamos trancados, com um enorme medo de sofrer de novo,
mas mesmo assim, o novo sonho vem chegando.
Trazendo na mala, tudo de novo...
E como todo novo sonho, é regado de novidades que fascinam,
mexendo com emoções adormecidas.
Trazendo de volta, a emoção de viver, amar, recomeçar!!!
Nesta hora, quando tudo ressurge, podemos avaliar melhor a vida.
Temos que transformar cada pequeno instante,
em grandes momentos...

Eliminar tudo que maltrata o nosso corpo,
o nosso espírito, e dar lugar somente ao que nos engrandece
como verdadeiro ser humano e filho de Deus...

E se os seus sonhos estiverem nas nuvens,
não se preocupe... eles estão no lugar certo!
Construa os alicerces e SUBA ...
Nunca desista de ser feliz!!!

domingo, junho 11, 2006

Sentimento

Uma palavra tão pequena, que causa tanta dor.
Uma dor que não sabemos explicar.
É um vazio enorme do peito,
parece que está faltando um pedaço!
Mas um pedaço de que?
Tem dia que dá aquela tristeza vontade de chorar.
Uma música, um pensamento, um gesto,
me faz lembrar de ti.
Ah, que saudades !
Será que esse sentimento que tanto
me faz sofrer um dia irá passar?
Ah dias que sinto-me mais triste
e vazio pq não estas ao meu lado
- todos os dias e todas as horas ...
Ai, que saudades.

segunda-feira, maio 29, 2006

Mundo



Estava eu sentado, perto do mar, a ouvir com pouca atenção um amigo meu que falava arrebatadamente de um assunto qualquer, que me era apenas fastidioso. Sem ter consciência disso, pus-me a olhar para uma pequena quantidade de areia que entretanto apanhara com a mão; de súbito vi a beleza requintada de cada um daqueles pequenos grãos; apercebia-me de que cada pequena partícula, em vez de ser desinteressante, era feito de acordo com um padrão geométrico perfeito, com ângulos bem definidos, cada um deles dardejando uma luz intensa; cada um daqueles pequenos cristais tinha o brilho de um arco-íris... Os raios atravessavam-se uns aos outros, constituindo pequenos padrões, duma beleza tal que me deixava sem respiração... Foi então que, subitamente, a minha consciência como que se iluminou por dentro e percebi, duma forma viva, que todo o universo é feito de partículas de material, partículas que por mais desinteressantes ou desprovidas de vida que possam parecer, nunca deixam de estar carregadas daquela beleza intensa e vital. Durante um segundo ou dois, o mundo pareceu-me uma chama de glória. E uma vez extinta essa chama, ficou-me qualquer coisa que junca mais esqueci que me faz pensar constantemente na beleza que encerra cada um dos mais ínfimos fragmentos de matéria à nossa volta.

Aldous Huxley

terça-feira, maio 23, 2006

Força


Que vale a vida afinal
quando chegamos a este ponto?
Deixou de ser romance:
é crônica banal
ou conto.

Vale a pena seguir ?
Sem aquele entusiasmo
aquelas ânsias,
sem aquela força de querer,
só para continuar, e se repetir...
( mais pelo hábito da vida
que pela alegria de viver ?)

Vale a pena continuar ?
Ou é melhor fugir ( fugir ou parar
que são formas diferentes de morrer...)

Já de nada me espanto,
talvez seja tudo paradoxal
mas começo a desconfiar que está chegando
esse momento extraordinário,
em que devo me recolher para ouvir o canto
de meu coração solitário...

( Poema de JG de Araujo Jorge extraído do livro
"Os Mais Belos Poemas Que O Amor Inspirou"
Vol. IV - 1a edição 1965 )

segunda-feira, maio 22, 2006

O Menino e o Cão


Um menino entra na loja de animais e
pergunta o preço dos filhotes à venda.
- Entre 30 e 50 dólares, respondeu o dono.
O menino puxou uns trocados do bolso e disse:
- Mas, eu só tenho 3 dólares ...

- Poderia ver os filhotes?
O dono da loja sorriu e chamou Lady,
a mãe dos cachorrinhos, que veio correndo,
seguida de cinco bolinhas de pêlo.
Um dos cachorrinhos vinha mais atrás,
com dificuldade, mancando de forma visível.
O menino apontou aquele cachorrinho e perguntou:
- O que é que há com ele?
O dono da loja explicou que o veterinário tinha
examinado e descoberto que ele tinha
um problema na junta do quadril,
mancaria e andaria devagar para sempre.
O menino se animou e disse com enorme alegria no olhar:
- Esse é o cachorrinho que eu quero comprar!
O dono da loja respondeu:
- Não, você não vai querer comprar esse.
Se quiser realmente ficar com ele,
eu lhe dou de presente.
O menino emudeceu e,
com os olhos marejados de lágrimas,
olhou firme para o dono da loja e falou:
- Eu não quero que você o dê para mim.
Aquele cachorrinho vale tanto quanto
qualquer um dos outros e eu vou pagar tudo.
Na verdade, eu lhe dou 3 dólares agora
e 50 centavos por mês, até completar o preço total.
Surpreso, o dono da loja contestou:
- Você não pode querer realmente comprar
este cachorrinho.
Ele nunca vai poder correr,
pular e brincar com você
e com os outros cachorrinhos.
O menino ficou muito sério,
acocorou-se e levantou lentamente
a perna esquerda da calça,
deixando à mostra a prótese que usava para andar.
Olhou bem para o dono da loja e respondeu:
- Veja, não tenho uma perna ...
Eu não corro muito bem
e o cachorrinho vai precisar de
alguém que entenda isso.
Às vezes, desprezamos as pessoas
com que convivemos todos os dias,
por causa dos seus "defeitos",
quando na verdade somos tão iguais
ou pior do que elas.
Desconsideramos que essas mesmas
pessoas precisam apenas de alguém
que as compreendam e as amem,
não pelo que elas poderiam fazer,
mas pelo que realmente são.

http://www.encantosepaixoes.com.br

Um dia de Cada Vez


Não perca tempo chorando
se a vida pode melhorar
Nem se culpe se perdeu
o que queria ganhar.
Hoje é outro dia!
Volte a sorrir
mesmo se o ontem lhe deu
motivo para chorar.
O mundo é redondo
e gira dentro e fora de nós
numa dança permanente
com altos e baixos
em si, dó, mi ou fá...
Acorde o bom humor
Vista seus melhores sonhos
e aguarde pelo melhor.
Escolha seu tom
convide alguém especial
para entrar no compasso
acompanhar o seu passo
e dançar juntinho a música
que a vida quiser.
Angela Moura

Imaginàrio



"Vivemos num mundo imaginário,
construído segundo os conceitos apriorísticos
que formamos das pessoas
e coisas que nos cercam.
Neste sentido,
a vida será efetivamente um sonho.
Veremos as coisas não como são,
mas conforme nosso espírito as concebe.
Muitas vezes nos é dado,
no curso dos dias,
retificar alguns desses erros do conhecimento.
Mas quantos outros,
e às vezes substanciais,
nos acompanharão até à morte?"
Segundo Cyro dos Anjos:
(Abdias, J. Olympio, 5. ed. 1957, p. 256)

quarta-feira, maio 17, 2006

Uma Lição de Lealdade


"O cão o ama pelo que você realmente é,
não pelo que você pensa ser ou pelo que gostaria de ser."

A verdade básica da vida está no que as pessoas pensam e sentem a seu próprio respeito. Ao contrário dos animais, muita gente tenta enganar aos outros e até a si mesmos, sem perceber que agindo assim, só se prejudicam. O homem é o mais inteligente dos seres criados por Deus, mas um cão reconhecido é muito superior a um ser humano falso. O sentido real que se pode encontrar para uma vida feliz é ser honesto e leal com sua própria consciência. É poder deitar a cabeça no travesseiro sem sentir que ficou devendo algo a alguém ou, o que é pior, a si próprio. O que deve vir em primeiro lugar numa pessoa é a verdade consigo mesmo.

As relações de amizade tornam-se mais reais quando as pessoas não mentem a si mesmas, embora a verdade, às vezes, se torne dura de ser aceita.Quanto mais esperta uma pessoa for, mas há de perceber que sendo leal, facilmente conseguirá da vida aquilo que deseja.Todos os animais são o que são, o homem torna-se o que é. Deve conquistar sua essência.O lema de todos deveria ser a sinceridade, a lealdade, a honestidade e o respeito pela natureza.


sexta-feira, maio 12, 2006

Dança Comigo... Este Bolero


Dança Comigo... Este Bolero

Vem.. dança comigo este bolero
Conduz-me suavemente nestes acordes,
estreita-me em teu peito,
cola teu rosto ao meu,
troquemos em sussuros nossas promessas de Amor..!!
Vem.. divide comigo a magia que este bolero provoca,
no compasso destes passos,
deixando desejos à flor da pele,
lábios tãos pertos em sussurros que se calam num doce beijo apaixonado.
Vem, deixemos o compasso nos levar,
na doce magia deste bailar,
cadenciando nossos sentidos nos românticos acordes deste bolero.
Vens..!?!
Thais S Francisco
" Beijaflor "

quarta-feira, maio 10, 2006

O Amor é algo que...


Amor é algo que se sente
independente da vontade de alguém
e é um sentimento muito pessoal
é como uma impressão digital
por isso não existirão nunca dois amores iguais.
Amor não é para ser entendido nem correspondido;
Amor é para ser vivido compartilhado.
Nunca cobrado,
Sempre oferecido.
Ao mesmo tempo em que se parece
com um pássaro arredio e desconfiado,
porque parece nos abandonar
as vezes sem que nos tenhamos dado conta.
Amor é muito confundido,
às vezes por não conhecermos
a fundo o nome de outros sentimentos
confundimos muito do que sentimos
com amor ou com a falta dele.
Mas é impossível.
Sem ele não há vida,
não haveria sorrisos,
nem tantas outras coisas que julgamos boas,
mas que só existem por causa da existência
do Amor...

quinta-feira, maio 04, 2006

Conversas...olhares...

Conversas...Olhares...

Conversas...
Olhares,
Furtivamente cruzados,
Numa troca de pensamentos,
Como se conversados
Pudessem ser os sentimentos!
Sussurros,
Tão silenciosamente partilhados,
Que fazem nascer sorrisos,
Como segredos murmurados
De conversas e avisos...
Palavras,
Alegremente ditas,
Num fugidio segundo,
Outras, mais tímidas, escritas
No coração, bem fundo!
Conversas,
Que marcam vidas,
Como punhais cravados,
Cicatrizes jamais esquecidas,
De momentos partilhados......

Por olhares, sussurros e palavras!

OLHARES

Que nossos olhares não se percam,
nem mesmo em estradas empoeiradas...
Que se procurem até mesmo sobre vidraças embaçadas...
Até mesmo no telhado distraído, contando estrelas...
Que não se percam nos primeiros muros de heras.
Que não se desviem das feras.
Tomara que juntos, sigam o vôo do beija-flor...
Que se encontrem no jardim ilusionista.
Aí então, cerre os olhos dessa menina dos teus olhos.
Deixe que ela voe pra dentro dos meus.
Porque a menina dos meus, carrega nas mãos uma tulipa...
Meus dedos obedecem o comando do cérebro das minhas mãos.
As minhas mãos obedecem o comando do cérebro do meu coração.
Seria a razão...
unindo letrinha com letrinha?
Enter, próxima linha...
Que teclado absurdo... daria pra deletar o enter?
Entrelaçando meus dedos,
o cérebro da mão se entrelaça.
Mas e o do coração?
Deletaria o fim.
Um pedaço do meu coração desesperado,
pulsa na tua mão.
MAC