domingo, julho 26, 2009

PARA TI......... (6)



Ser poeta


Ser poeta é ser mais alto, é ser maior

Do que os homens!

Morder como quem beija!

É ser mendigo e dar como quem seja

Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor

E não saber sequer que se deseja!

É ter cá dentro um astro que flameja,

É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!

Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...

é condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...

É seres alma, e sangue, e vida em mim

E dizê-lo cantando a toda a gente!

Florbela Espanca

13 comentários:

confesso disse...

Ser poeta é ser assim... Sentimento e emoçãp à flor da pele...

Belíssimo poema excelente escolha...

Beijos flamejantes...

segredo disse...

Poema lindissimo e tao bem cantado k foi (e é!)
Este poema toca me de uma maneira especial pois diz tanto!!!
GOstei de passar por aqui,vou vir mais vezes;)
Beijinho de lua*.*

Codinome Beija-Flor disse...

Linda escolha.
"É ter fome, é ter sede de Infinito!", isso é ser poeta, e ser amante de poesia.
Abraços

saudade disse...

Um poema que diz muito... è de facto unico.
"... é amar-te , assim, perdidamente... " uma das frases mais bonitas que se pode dizer e ouvir.
Saudade

Nike disse...

Lindo poema!
Adoro Florbela...
Um beijo em seu coração!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Ser poeta é ser Florbela Espanca e só os que tem a poesia na alma sabem apreciá-la como merece!!!

Amei a sua escolha!!

Um beijo!!!Sonia Regina.

Lídia Borges disse...

Florbela Espanca sempre uma excelente escolha.
"É ter fome e ter sede de infinito!"

Sem dúvida. O poeta quer sempre pouco mais que o possível...

L.B.

Sonia Pallone disse...

Estou aqui, de volta neste universo onde as palavras tem cores e o coração explode de vida nova... Bjs

www.solidaodealma2.blogspot.com

mdany disse...

Olá meu qrido poeta...como são lindos seus post,como são belos..um encanto ,adori tudo por aqui beijoks!

Fragmentos Intemporais disse...

Florbela Espanca

Está tudo dito!

Grande senhora... confesso-me uma fã convicta das suas letras!

Beijo intemporal****

Graça Pereira disse...

A minha poetisa preferida...e o poema,bem escolhido! Afinal, todos nós temos sede do infinito e, ainda assim...este, parece-nos pouco. Um bj Graça

OLHAR VAGABUNDO disse...

ser poeta...

abraço vagabundo

Sun disse...

Ser poeta é ser mais alto, muito mais alto, sem dúvida alguma :)

Lindo blog**